Thank you for another best summer yet!

CIÊNCIA CRISTÃ – LIÇÃO BÍBLICA

Doe uma vida de gratidão pela substância do Espírito!
Pratique o que você fala e assim sairá ileso e vencedor sobre qualquer problema!

Estudo Metafísico do Acampamento dos Cedros

Tema: Substância
De 9 a15 de Setembro de 2013

Abreviações:

Bíblia – B
Ciência Cristã – CC
Ciência e Saúde – CS
Lição Bíblica – LB

TEXTO ÁUREO: “Honra ao Senhor com os teus bens e com as primícias de toda a tua renda (Prov. 3:9). Esta passagem de Provérbios pode servir como suave lembrete de que para honrar verdadeiramente a Deus devemos (doar nossa ) substância e as primícias de nossos frutos. Outro modo de pensar a respeito é que o mero “uso dos lábios” não fará o serviço. Necessário é honrar a Deus, mostrando nossa sinceridade no viver uma santa vida de doação! Os Provérbios nos instruem a mostrar e vivenciar nossa gratidão em atos e palavras (ver 6ª. Seção). Isso me lembra do que Jesus disse: “Pelos seus frutos os conhecereis” (Mat. 7:16).

LEITURA ALTERNADA: O conceito “todo” e “tudo” aparece 9 vezes nesta LA e TA. A totalidade de Deus nos provê ampla oportunidade de louvor e gratidão! É exatamente o que a LB nos pede: “Deus pode dar muito mais do que vocês precisam para que vocês tenham sempre tudo o que necessitam e ainda mais do que o necessário para fazerem todo tipo de boas obras” (NTLH). Como poderíamos NÃO ser gratos a um tal Deus! No final do Hino 224 cada cantor afirma: “De hoje em diante buscarei louvar-te sem cessar”.

Seção 1: Nesta seção recebemos exemplos práticos das bênçãos e favores da presença de Deus em nossa vida. A Bíblia provê uma linda ilustração dos resultados de colocarmos nossa confiança em Deus. A Palavra de Deus é: Como è precioso o teu amor ! Na sombra das tuas asas encontramos proteção. Ficamos satisfeitos com a comida que nos dás com fartura; tu nos deixas beber do rio da tua bondade. Tu és a fonte da vida, e, por causa da tua luz, nós vemos a luz”(B1, Sal 36:7-9). Naturalmente espera-se que nós de maneira ativa e com gratidão nos envolvamos com Deus, quem sempre tem nossos melhores interesses em mente e é o ÚNICO poder que pode prover o bem. “Nas mãos de Deus me entregarei, / por fim vou triunfar. / de hoje em diante buscarei louvar-te sem cessar”- Hino 224. E, por que não ativamente e com gratidão nos envolver com Deus, quem nos dá o dom perfeito – “Toda boa dádiva e todo dom perfeito são lá do alto, descendo do Pai das luzes, em quem não pode existir variação ou sombra de mudança” (Tiago 1:17, B-3). No Natal, alguma vez você ganhou o presente perfeito? Eu não! Eu ganhei presentes que eu REALMENTE gostei. Mas, quando penso sobre isso, todo presente de Natal que ganhei, em algum momento perde a habilidade de me trazer felicidade ou alegria. Esse senso mais profundo de substância só pode ser recebido ou compreendido através do espírito, não da matéria. Tudo que é material em algum momento se desvanece ou morre, mas, os dons espirituais, perfeitos, permanecem conosco para sempre frescos e eternos!

Seção 2: Esta seção mostra as bênçãos dos dons de humildade e coragem, de Daniel. Nesta história o rei da Babilônia (Iraque hoje) determina que alguns membros de seu reino comam carne e vinho específicos, em suas refeições. Daniel e seus amigos adolescentes, no espírito de servir a Deus exclusivamente e de praticar o que eles acreditavam, sugere uma dieta alternativa. Ao invés de vinho e carne, Daniel e seus amigos pedem para comer legumes e água. Depois de dez dias Daniel e seus amigos foram examinados, e foi encontrado que “estavam mais robustos do que todos os outros jovens que comiam das finas iguarias (da mesa) do rei”. Como introdução para essa história a LB cita de Provérbios: “Confia no SENHOR de todo o teu coração e não te estribes no teu próprio entendimento” (B 4). O bom senso diria que se você come apenas legumes em vez de carne, que você irá emagrecer e NÃO engordar. Mas quando confiamos em Deus, seremos guiados a fazer coisas que não fazem muito sentido, materialmente; mas “(Deus te) guiará pelo caminho certo”! Jesus ensina no Sermão do Monte: “Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, porque serão fartos” (B-6, Mateus 5:6). Toda a bondade de Deus que está salpicada tão abundantemente através de toda essa LB é nossa para abraçarmos e “comermos” sempre o que quisermos e nos fará bem. “Para os que se apoiam no infinito sustentador, o dia de hoje está repleto de bênçãos” (CS, 5).

Seção 3: O chamado de Mary Baker Eddy para sermos sanadores está evidente nesta seção. Ela escreve em Ciência e Saúde: “Quando chegarmos a ter mais fé na verdade do ser do que no erro, mais fé no Espírito do que na matéria, mais fé em viver do que em morrer, mais fé em Deus do que no homem, então, nenhuma suposição material poderá nos impedir de curar os doentes e de destruir o erro”(CS-15). E “Curar foi o primeiro artigo de fé que nosso Mestre propôs a seus discípulos, e ele provou sua fé pelas suas obras” (CS,11). A história da Bíblia nessa seção é sobre a cura de Jesus, do criado de um centurião. O centurião conta a Jesus: “O meu criado jaz em casa, de cama, paralítico, sofrendo horrivelmente.” Jesus então concorda em ir até a casa do centurião e curar o rapaz. O homem pára o Mestre para lhe dizer que ele não é digno de que o Mestre entre em sua casa; mas apenas mande com a palavra da Verdade, “e o meu rapaz será curado”. [Parecia ser bem conhecida, em Cafarnaum, o relato da cura que Jesus realizou, à longa distância, do filho do oficial do Rei, que estava em Cafarnaum, quando Jesus estava em Caná da Galileia – distante aproximadamente uns 30 km do enfermo (João 4:46-54)]. Alguém pode questionar se o centurião tinha ouvido falar sobre esta disponibilidade única, onipresente, da Cura Cristã. Se ele havia ou não ouvido desse caso de cura à distância, ele havia, com certeza, discernido a sua lógica]. O centurião descreve sua fé ao explicar logicamente a autoridade que Jesus tem sobre a enfermidade assim como ele tem soldados que estão sob a autoridade de suas ordens como oficial. Jesus então diz: “Em verdade vos afirmo que nem mesmo em Israel achei fé como esta”. Que cumprimento ao centurião por sua fé! Naquela mesma hora o rapaz foi curado. Esta fé, apoiada na compreensão, tem sido o elemento chave na prática da cura pela CC. Ela me faz lembrar de uma experiência que tive enquanto estava no último ano do Ensino Médio.

Era uma tarde de sexta-feira. O meu time de futebol tinha um jogo um pouco mais tarde. Eu estava jantando mais cedo, antes do jogo. Ao engolir um pedaço de panqueca, que estava no meu prato, percebi que o mesmo não desceu suave. Sem querer dar atenção àquela limitação, peguei e comi outro pedaço. A dor era muito forte. Pensando que um gole de água fosse ajudar, tomei um gole de água. Senti a mesma dor imensa na garganta. Sem entrar em muitos detalhes, o jogo aquela noite foi horrível. Sem poder comer, beber ou falar ( três de minhas atividades favoritas) havia desaparecido, temporariamente, a sensação da facilidade dessas atividades, Os sintomas eram de um caso grave de amigdalite. Aqui é onde entra a fé. Daquele momento em diante, tomei a decisão de buscar a recuperação e cura utilizando a oração. Através da oração, havia experimentado cura completa e permanente de outros ferimentos que havia tido. Passaram dois dias. O estudo e oração que estava fazendo estavam me ensinando muito. Mas, eu ainda precisava beber e comer, o que eu não fazia desde a sexta-feira anterior. Lembro-me de estar deitado no sofá e o telefone tocou. Decidi não atender, mas a mensagem que a pessoa deixou para mim fez toda a diferença. O telefonema era de um rapaz que eu havia conhecido há poucos meses. Não havíamos trocado nossos números de telefone, mas, de alguma maneira ele descobriu meu número e me ligou para dizer que ele ficara realmente feliz por ter me conhecido e que esperava que eu estivesse bem e que estava aguardando a oportunidade de nos vermos no futuro. Isso mudou totalmente minha atitude! Foi a prova, para mim, de que a qualidade de meu pensamento afetava diretamente meu corpo. Pense nisso! Se você estivesse cansado, mas, em meio à sua fadiga, alguém lhe desse um milhão de dólares. Creio que você não ficaria tão letárgico depois disso! Bem, para onde foi a fadiga? O pensamento Amor, anula qualquer coisa diferente do amor. De repente, eu estava animado! O amor, o afeto, daquele rapaz (que se tornou um grande amigo desde então) mudou o foco do meu pensamento. Comecei a pensar o que fora responsável por uma mudança tão drástica em minha atitude. A mudança foi que a minha fé de ser curado deixara de ser uma esperança, mas agora estava fundamentada na compreensão espiritual ! Depois de experimentar verdadeiramente esse amor, compreendi que um pensamento elevado era a resposta, claramente necessária, para que a dor desaparecesse de minha garganta. Com essa nova visão de fé, soube, com renovada compreensão, que estava perfeitamente bem. Minha garganta ainda estava tão inchada quanto estivera por todo o final de semana, mas minha felicidade estava restaurada e eu estava com fome. Com os sintomas ainda tão aparentes quanto estavam na sexta anterior, mas meu pensamento estava completamente mudado. Preparei uma tigela de sopa e sem medo algum coloquei uma colher cheia na boca. À medida que a sopa desceu pela minha garganta senti a garganta retornar ao estado normal e natural! Retornei à escola no dia seguinte e me tornei o “Rei do baile” naquela noite. Aquela “sensação de facilidade” que tinha elevou-se a um senso mais iluminado e permanente da presença do Amor divino.

Seção 4:Jesus multiplicando os pães e os peixes é a história em destaque dessa seção [e que também foi representada nesse verão no acampamento dos Cedros que vocês podem ver no vídeo (em inglês) que pode ser acessado em http://www.cedarscamps.org/videos/categories/2425012. Para obter o script desse sketch e sua aplicabilidade, clique no menu Download parte superior à direita – em inglês]. Que bela ilustração de substância que é esse evento dos pães e peixes. Além de ser também um impressionante testemunho à habilidade ilimitada do Amor e sua abundância. Essa é uma grande prova da precisão da Mente divina com a provisão da quantidade perfeita para o grupo. Não apenas todos ficaram satisfeitos, como também sobraram doze cestos cheios de alimento.Cada um dos 12 discípulos tinha sua própria cesta de comida para continuarem a viagem! Que ótimo! Semelhante aos “dons perfeitos” que vêm de Deus, somente a precisão e a substância divina é que pode nos prover com perfeição e com a verdadeira satisfação. Essa história também serve como uma prova radical do poder da gratidão pois, como escreve Eddy nessa seção: “tudo o que abençoa um, abençoa todos” (CS16,p.206). Jesus agradeceu a Deus em voz alta, antes de ressuscitar Lázaro dos mortos (João 11:38-44), e também antes de partir o pão para alimentar a multidão. Jesus agradeceu antecipadamente a Deus! Ele agradeceu a Deus em voz alta para que séculos depois, nós soubéssemos reverter o modelo material da preocupação (ou ingratidão de forma antecipada) com o modelo imortal de sermos gratos com antecipação. O que parecia tão pouco aos olhos materiais, a gratidão de Jesu e sua apreciação pela totalidade do que ele realmente tinha, naturalmente aumentou para abençoar a todos. [Da próxima vez que estivermos tentados a nos preocupar com qualquer assunto ou problema, podemos não apenas ter FÉ (F.A.I.T.H – Forward All Issues To Heaven – Repasse todos os seus problemas aos céus), como também podemos nos lembrar dessa lição prática aprendida e abençoar a todos ao nosso redor.]

Seção 5: Essa seção apresenta a história de Paulo sendo levado em um barco para navegar “costeando a Ásia”. Uma imensa e forte tempestade surgiu “não aparecendo, havia já alguns dias, nem sol nem estrelas” (B13). Há muita informação nessa história, mas a ideia que me veio dos trechos selecionados para essa LB é que a proteção faz parte da substância de todas as ideias corretas. Nessa história, quando Paulo está revelando a proteção que Deus prometeu a eles, ele diz: “Paulo, não temas! É preciso que compareças perante César, e eis que Deus, por Sua graça, te deu todos quantos navegam contigo. Mesmo no meio de uma tempestade “no fim do mundo”, a ideia correta de Paulo de chegar aonde precisava estar, tem autoridade sobre a perspectiva sombria apresentada pela tempestade. Eddy diz: "A mesma circunstância que teu sentido sofredor considera terrificante e aflitiva, o Amor pode converter num anjo que acolherás sem o saberes", CS22. Como resultado da fé nessa bela mensagem de Deus, a segurança de todos foi suprida! [Lembre-se de como FÉ (F.A.I.T.H) pode significar: Repasse todos os seus problemas aos céus.] Quando você se encontrar em uma “tempestade” em seu trabalho, no lar, no trânsito, etc., não se esqueça de que Deus já está suprindo o bem para você com a substância de Suas ideias e Sua proteção integrada. Pare de se preocupar, ouça as mensagens dos anjos e siga as mesmas! [Conta Warren: Nunca vou me esquecer nem deixar de ser grato pela total proteção similar à de Paulo, pela qual nossa família passou muitos anos atrás, quando “naufragamos” em uma enorme tempestade de gelo em um 30 de dezembro no Estado de Oklahoma, EUA. Estávamos a caminho de casa para uma atividade de virada do ano que era esperada com grande alegria pelo nosso filho de 10 anos e nossa filha de 12, quando uma tempestade de gelo, forte e inesperada, deixou uma camada espessa de gelo sobre a estrada. Assim como outros 60 carros naquele trecho da estrada, nesse dia, acabamos por “destruir” nosso veículo. Nossa van ficou fora de controle e saiu da estrada e capotou diversas vezes enquanto descia uma barranca de 10 metros de altura. Saímos pelas janelas que estavam quebradas (e agora viradas para baixo) mas caminhando e sem nenhum arranhão! Fomos rapidamente resgatados e acolhidos por uma família amiga do CedroS que vivia próximo dali .Quando todas as estradas estavam fechadas no dia seguinte (um domingo), nós nos dividimos em refeições maravilhosas, no serviço dominical na casa deles e nas obrigações com a fazenda de gado “Shelton”, passando uma véspera de ano novo feliz e sagrada com eles. No primeiro dia útil, pudemos encontrar rapidamente outra van próximo dali e voltar para casa com os ventos da gratidão sob nossas “asas”, sabendo que Deus havia graciosamente nos protegido, nos suprido e nos salvo para as missões de vida para abençoar aqueles que se aproximam para serem satisfeitos.]

Seção 6 Conclusão: Como um fechamento para essa LB, somos instruídos a remover do pensamento tudo o que tiraria nossa apreciação e reconhecimento da substância divina. A citação B15 declara, “.se as vossas riquezas prosperam, não ponhais nelas o coração”. Não podemos permitir que uma situação “confortável” na matéria, nos faça esquecer que todo o bem que temos vem de Deus! A citação B18, nos pede para darmos um passo a frente: “dai, e dar-se-vos-á; …porque com a medida com que tiverdes medido vos medirão também.” O bem que damos é a única maneira com que reconhecemos o bem que recebemos. Tudo começa com nossa gratidão pela substância que já está aqui. A citação CS 29 diz: “e bem-aventurado é aquele homem que vê a necessidade de seu irmão e a satisfaz, buscando o seu próprio bem no bem que proporciona a outrem.” Embora o trabalho duro [para levar avante sua missão, o que, por vezes, é inevitável,] a recompensa vale muito a pena! Viva uma vida de gratidão como transparência da infinita substância do Espírito já presente AGORA!

Este estudo metafísico foi preparado por Jake Lowe, CS, Houston, TX
[Jake é casado, é atleta e um entusiasta, de vinte e poucos anos, que serviu no acampamento de verão dos Cedros por 4 semanas como praticista de plantão. Está listado no CSJournal.]

[Comentários entre colchetes: Warren Huff, Diretor do Acampamento dos Cedros e Editor dos estudos metafísicos]

A equipe de tradução para o português é composta por Dulcinea Torres, José Flávio Queiroz, Leila Kommers, Martha Samary e Ovídio Trentini, com a leitura final por Orlando Trentini, CSB.

Visite o saite  www.trentinicsb.com. Ali encontrará esta tradução e as anteriores para estudo, para baixar e partilhar com seus amigos.

Os estudos metafísicos dos Cedros sobre o estudo diário da Lição Bíblica da Ciência Cristã, contendo ideias de aplicação metafísica, são oferecidos, durante todo o ano, para que os amigos da Ciência Cristã vejam e demonstrem o grande valor do estudo diário da LB. Os Cedros são um complemento para a LB. O estudo em inglês será postado, no link abaixo, na 2a. feira. Sua tradução para o português será postada até a 3ªfeira.

http://www.cedarscamps.org/metaphysical

American Camp Association

MAIN OFFICE
(November - May)
410 Sovereign Court #8
Ballwin, MO 63011
(636) 394-6162

CAMP OFFICE
(Memorial Day Weekend - October)
19772 Sugar Dr.
Lebanon, MO 65536
(417) 532-6699

Support our mission!

CedarS Camps

Back
to top